sexta-feira, 8 de abril de 2011


Sem seu amor é como uma prisão
O fato de eu ter nascido seria a punição?
Pois vê-lo, sem poder o tocar
Proibe-me de amar.
Lierta-me desta casca,
Que me impede de amar...



Astehria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget