quarta-feira, 16 de março de 2011

Ah, este amor!...

De onde vem essa força que me prende em seus olhos? Para onde vão esses prantos que por ti choro. Que fazer para obtê-lo por um momento, como tirar sua imagem doce do meu pensamento? Como perder-me por um instante em seus cabelos? Como fazer você responder aos meus apelos...

Meus olhos cantam uma canção de amor por ti, canção tão linda que nem no mar jamais ouvi.

Se pudesse tocar seus lábios dóceis e quentes, tocar seu corpo, sem machucar sua pele frágil e nos seus braços fechar os olhos eternamente.

Menino puro, como és formoso, tão belo e meigo, maravilhoso, tem nas curvas do corpo o desejo proibido, no brilho dos olhos, a dúvida ao meu pedido. Sei que não adianta fazer mais e mais poesias, pois nenhuma delas explicaria você que é um ser sensacional e maravilhoso.

Hoje, ao fim da tarde, parei tudo que estava fazendo para pensar em você, você que foi e será tudo o que eu quero, você que mostrou a alegria quando eu sofria, você que fez eu esquecer quem não me queria, você que acabou com o meu sofrer e disse para coisas boas eu fazer. Olha! Tem pessoas que passam por nossas vidas, levam um pouco e deixam um pouco de si. Há pessoas que levam muito e deixam pouco, há, porém pessoas que passam... ficam e você passou... ficou!



[Sônia Maria dos Santos]

2 comentários:

  1. TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO, TE AMO,

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget