sábado, 25 de junho de 2011

Carta XVI



Por que sofre?
De o que detesta?
De o que gosta?
Permita-me agradecer que exista?
O que quer para si e apenas a si?
O que procura?
Quais combates quer travar?
Permita-me ficar ao seu lado?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget