domingo, 12 de junho de 2011
















Doce toque, nota e nota.
A meodia; o tom...
Confinados na mesma música
Pertencentes a eternidade.
Tão próximos. Tão distantes.
Se distanciam. Se completam...
Dominam o ar
Permite o sentimento às pessoas
Nunca a si mesmos,
Pois por mais que nos toque
Não podem se tocar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget