terça-feira, 7 de junho de 2011

Carta II





Como é difícil amar
Quem não ama-te também.
Bom dia! - cumprimento,
Responde ninguém.
Como está? - pergunto,
Responde ninguém.
Quando alguém responde
Morre-se as palavras...
Pois alguém teme ferir
E o outrem teme calar, novamente, o alguém...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget